sexta-feira, 27 de março de 2009

Sina

Ontem, meio adoentado, dei por mim na cama a olhar para a televisão e a ver as caras de sempre da política portuguesa.
Enquanto o comando me permitia deambular entre a SIC-N, a TVI 24 e a RTP-N, fui vendo o cortejo fúnebre de sempre: Portas, Louçã, Cavaco. Soares, Jerónimo, Almeida Santos. Comecei a puxar pela cabeça. Desde 90 que são sempre estes os protagonistas da política nacional (alguns deles desde os anos setenta). Sempre os mesmos.
Triste país.

1 comentário:

Aurélio Estorninho disse...

sabe como o povo costuma dizer:

só mudam as moscas...pq a merda é sempre a mesma.

ja temos uma nova classe politica emergente. marcos antonios, jamilas etc